| A Arte de Pensar |


Ténis de Mesa na China

A selecção portuguesa de Ténis de Mesa deu por terminada a sua participação no campeonato do mundo por equipas de Guangzhou, no sul da China, com uma prestação quase perfeita Apesar de ter ganho sete dos oito confrontos não conseguiu atingir o sonho de subir à primeira divisão internacional.
Portugal começou por se qualificar para os oitavos-de-final vencendo o respectivo grupo apenas com vitórias incluindo, no último embate, a Coreia do Norte por 3-2. Esta mesma equipa iria ser o carrasco dos portugueses na meia-final vencendo por 3 jogos a 1. Portugal disputou assim o jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares tendo vencido o Egipto e terminado na vigésima sétima posição da tabela geral do torneio. A Coreia do Norte acabou por ganhar à Ucrânia na final e estas duas equipas classificaram-se para a primeira divisão.
A nossa selecção feminina não foi além do penúltimo lugar no respectivo grupo.
Na classificação geral masculina, a China, sem grande surpresa, venceu o seu quarto título consecutivo ao derrotar a Coreia do Sul na final por expressivos 3 jogos a 0. Na feminina, também sem surpresa, mais uma vez a China sagrou-se campeã mundial desta feita derrotando Singapura por 3-1.
Imagens: Selecção chinesa; Maria Xiao, Portugal; Marcos Freitas, Portugal; Nan Wang, China; Seung Min Ryu, Coreia do Sul; Hao Wang, China; Lin Ma, China.

Etiquetas:


Search

Arte de Pensar

      A Arte é um blog actual, que pretende discutir a actualidade nacional e internacional e estar atento a todos os actos e/ou iniciativas relevantes no universo cultural.
        Contacto: aartepensar[at]gmail[dot]com