| A Arte de Pensar |


Portugal Europe's West Coast

A mais recente campanha da BBDO para o Turismo de Portugal, teve alguma repercussão na imprensa escrita mundial (NYT,IHT). Trata-se, de uma campanha que tem como objectivo primordial, dar de Portugal, uma “nova” imagem, de modernidade, de inovação e de liderança, pretendendo assim ao mesmo tempo cativar turistas e investidores estrangeiros.
Mas, o grande diferenciador desta campanha é a ideia, ao mesmo tempo simples e brilhante que os criativos da BBDO tiveram, de associar a marca Portugal a um naming de reconhecida notoriedade mundial (“West Coast”) associado, desde sempre, à distinção entre as duas costas dos EUA. Portugal é seguramente o único país europeu que pode fazer uso deste nome, que agora surge, algo tarde, pois é já longo o rol de erros em namings, marcas, que o Turismo de Portugal tentou criar para cativar, principalmente os turistas de língua inglesa e o mercado do norte da Europa, quando este parecia óbvio, e tem certamente um valor acrescido, junto de mercados como, o do Reino Unido, o da Irlanda e, claro, o dos próprios EUA - desde sempre pouco "trabalhado" pelo turismo nacional, apesar do enorme potencial.

Se a esta ideia brilhante (“Europe’s West Coast”) juntarmos, um bom fotógrafo inglês (Nick Knight), oito (quatro deles do mundo do desporto) portugueses de excepção, e um grande apoio financeiro, esta campanha parece ter tudo para no mínimo, dar alguma côr, à imagem de Portugal.
No entanto, quando um leitor do The Economist, ou do The Times ou do El País, que acaba de ver uma fotografia a página inteira, no seu periódico de eleição, de um país renovado e inovador, se decide a aceder à página do turismo desse país “modelo”, de West Coast pouco vê, e de inovação menos ainda. O site em si, pouco apelo tem, e nele pouco se fala desta nova imagem, paga a “peso de ouro”, que o Turismo de Portugal pretende fazer passar por jornais e revistas do mundo desenvolvido. Seria bom que antes de investir milhões em campanhas inovadoras, se desse primeiro uma reordenação dentro de "casa". Espero que o Turismo de Portugal já tenha dado conta desta falha grave, e possa reaccionar a tempo de ir ao encontro do “país inovador” da campanha.
Uma campanha deste nível mediático, lançada em pleno auge da Presidência portuguesa da UE, merecia mais detalhe. Primeiro, mais atenção interna por parte do Turismo de Portugal, segundo, um aproveitamento dos mais que variados canais, que hoje a Internet oferece, e por último merecia também um suporte de televisão (que até à data desconheço) capaz de alavancar defenitivamente esta West Coast lusa.
Contudo, e apesar das criticas aqui apresentadas, tenho que reconhecer o mérito desta campanha que por exemplo tira do anonimato portugueses notáveis, como Maria do Carmo Fonseca, investigadora do Instituto de Medicina Molecular, da Universidade de Lisboa, Joana Vasconcelos artista plástica portuguesa de reconhecido valor e Miguel Câncio Martins conceituado designer português com uma vasta obra em França.

Etiquetas: , , ,

4 Responses to “Portugal Europe's West Coast”

  1. # Blogger Paulo Jorge

    O meu comentário não está relacionado com este post.

    Como fizeram a lista de filmes da vossa vida, podiam fazer também a lista de livros e músicas/álbuns.  

  2. # Blogger fg

    é uma boa ideia mas depois da tareia que levei com o post dos filmes tenho que ter muito cuidado!!!  

  3. # Blogger Paulo Jorge

    Tareia! Opiniões são opiniões e então quanto a gostos deste género (tão pessoais) não há que criticar, quanto muito discordar.  

  4. # Anonymous janaine torres

    olha,nao conheço portugal ao vivo e em cores mas acredito que em materia de turismo se é que eu sei Portugal tem...e muito...posso ser mt nova uns 15 anos talvez mas pra mim o país com mais arranjos turisticos é Portugal e concerteza uns dos meus maiores sonhos é de conhece-lo

    janaine-porto alegre-rio grande do sul-15 anos  

Enviar um comentário

Search

Arte de Pensar

      A Arte é um blog actual, que pretende discutir a actualidade nacional e internacional e estar atento a todos os actos e/ou iniciativas relevantes no universo cultural.
        Contacto: aartepensar[at]gmail[dot]com